top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Busch Gardens Tampa

Distante aproximadamente por uma hora de Orlando, o Busch Gardens, em Tampa, fez sua fama graças a suas marcantes montanhas-russas e outras atrações radicais. Todavia, o parque ainda apresenta um dos maiores e mais respeitados ambientes de animais de todo os Estados Unidos, assim como opções para toda a família.

O parque originalmente foi projetado para prestar homenagem ao continente africano, se chamando Busch Gardens Africa por muito tempo. Com isso, ainda é dividido entre áreas temáticas que lembram lugares da África, porém aos poucos, o Busch está se universalizando. Prova disso é a nova área temática Pantopia e as exibições de Cangurus.

Caso vá em meses como Julho ou Dezembro, é indispensável o uso do Quick Queue, sistema de fura-fila dos parques SeaWorld, para ter uma visita sem problemas com fila. O sistema custa US$ 19, entretanto, esse preço pode mudar no mês de Julho.

Logo na entrada, já é possível perceber a transferência de ambiente: dos Estados Unidos diretamente para o Marrocos. O estilo da arquitetura, com prédios alaranjados e tendas remete aos mercados marroquinos, não faltando lojas: a maior de lembrancinhas do Busch está no local.

Virando logo à direita, a primeira exibição é a dos gorilas e chimpanzés. Esses últimos ficam mais nas árvores do que no chão, ao contrário dos gorilas. É uma grande oportunidade de vê-los interagindo um com o outro, como o banho conjugal. Pertinho dali, os trilhos da Cheetah Hunt já chamam a atenção.

Construída e planejada através dos movimentos dos guepardos, a montanha-russa possui três seções de lançamento na exata velocidade do animal. Além disso, o trem viaja por estruturas que simulam a subida na árvore, saltos e mudanças de direção que ocorrem durante suas matinais corridas. Possuindo apenas uma inversão, é diversão para toda família.

Logo abaixo da montanha-russa, uma imensa exibição de guepardos capta os olhos de todos que passam. Durante um certo intervalo de tempo, os tratadores incentivam os guepardos correrem atrás de sua comida, não os deixando ficar parados.

Na mesma estação da Cheetah Hunt, pode-se pegar uma carona no teleférico Skyride para o outro lado do Busch. Para quem quer curtir a adrenalina máxima da Montu, direciona-se a área vizinha, dedicada ao Egito. Homenageando o deus da guerra egípcio, a montanha-russa é invertida, tendo sete inversões e chegando a uma velocidade de 96 km/h.

Pertinho da Montu, fica a Cobra's Cruse, uma montanha-russa familiar que vai de frente, de costas e rodopiando pelo trilho. Sua subida é feita por meio de um elevador, o que a torna uma experiência única em toda a região de Orlando! Sua fila é bem legal também, vista que é a mais bem tematizada de todo o parque.

O Busch Gardens mantém uma enorme área conhecida como Serengeti Plain, habitat de muitos animais da savana africana, como leões, zebras, girafas, gazelas, morcegos, etc. Existem três formas de conhecer o complexo:

1. Edge of Africa: tradicional safári a bordo de grandes veículos, percorre metade de toda área. Girafas normalmente chegam perto do carro para interagir com os visitantes.

2. Serengeti Train: locomotiva que viaja pela borda do habitat, possibilitando ver todos os animais. Possui três estações: Nairobi, Congo e Stanleyville.

3. Skyride: teleférico que cruza o Busch, oferecendo vista muito limitada de todo o Serengeti Plain.

O primeiro grande (e saboroso!) restaurante do Busch é o Crown Colony House, que oferece diversas opções com molho barbecue, pizzas e saladas. Dentro do local, ainda existe um pub permitido apenas para maiores de 21.

A região de Nairobi abriga o Animal Care Center, constituído de enfermarias e uma maternidade. O local cuida dos 12.000 animais do Busch Gardens, sendo 300 espécies. Já no Serengeti Outpost, é possível comprar diversos tours pelo Serengeti Plain, incluindo um safári durante à noite.

Os admiradores de elefantes podem observá-los antes de entrar na reformulada área de Timbuktu, agora intitulada Pantopia. Apesar dessa transformação colorida, as atrações continuam as mesmas. A única grande diferença é a torre de queda livre Falcon's Fury, inaugurada em 2014. Única no mundo, seus assentos ficam na posição do mergulho de um falcão durante a queda.

Ademais, duas montanhas-russas menores, Scorpion e Sand Serpent proporcionam voltas divertidas e tranquilas para famílias. A primeira, é clássica, sendo a única de seu modelo existente no mundo. Contendo apenas um looping, é o ponto de partida para muitos que desejam perder o medo de inversões. Já a Sand Serpent, bem parecida com a Primeval Whril do Animal Kingdom, é muito ruim para quem procura adrenalina, porém crianças podem sentir um pouco de medo.

Crianças, inclusive, podem se divertir em alguns brinquedos localizados pela área, como um carrossel e os tradicionais jogos de sorte. Um engraçado show com os personagens da Vila Sésamo acontece todo fim de semana no Pantopia Theater.

O melhor restaurante de todo o Busch é o Pantopia Grill, que dispõe de um imenso self-service com culinária variada, além de um show circense durante o almoço. A apresentação conta com truques de mágica e stand-up comedy. Aliás, não é uma boa ideia ir no Phoenix depois do almoço. O brinquedo é um imenso barco pirata que gira 360 graus, sendo muito intenso e desconfortável. Contudo, para quem gosta de atrações radicais, é imperdível.

Ao chegar na área do Congo, barulhos intensos podem ser ouvidos. São da Kumba, "rugido" na língua oficial do Congo. Monstruosa montanha-russa de sete inversões e velocidade de 96 km/h, treme bastante durante o percurso, deixando uma dor grande de cabeça. É importante ressaltar que a Kumba é a montanha-russa mais intensa do Busch, e ir nela sem ter se nutrido ou hidratado direito pode causar desmaios.

O Congo River Rapids é um river rapids MUITO BOM, sendo o segundo melhor da região de Orlando para mim. Tem bastante pontos para molhar e é bem rapidinho, sendo o final uma das melhores partes para se encharcar! Perto dele, localiza-se o Ubanga Banga Bumper Cars, os tradicionais carrinhos de bate-bate.

Jungala é uma pequena área que deixa as crianças mais perto de orangotangos, tigres, morcegos e gibões atráves de brinquedos como o Jungle Flyers, um mini teleférico que voa por toda vila. Além dele, o Wild Surge é uma pequena torre bem no meio das trilhas suspensas da área. Os adultos e adolescentes podem observar os tigres e orangotangos em suas exibições localizadas bem ao lado da Tiger Treasures, uma loja com um tigre de pelúcia gigante.

Estrela do Busch, a SheiKra é a montanha-russa mais alta (61 m) e mais rápida (112 km/h) de toda a Flórida. Seu tipo, dive machine coaster, traduz seu percurso: após o fim de seu lift, o trem para a 58 metros de altura durante 5 segundos antes de seguir seu trajeto, que conta ainda com uma inversão e um gigante splash.

Seu splash gera uma onda gigante e pega muita gente de surpresa que passa bem ao lado da montanha-russa. Sua pronúncia é "xícra" e seu nome derivado do falcão shikra, cujo mergulho atrás de uma presa é vertical.

Ao seu redor, existem mais uma oportunidade de ficar molhado. O Stanley Falls Flume é um demorado canal de troncos, porém seus banhos no final são extremamente refrescantes, fazendo o passeio valer a pena.

Os pequenos ganham ainda mais oportunidades de diversão na Sesame Street Safari of Fun, uma área lotada somente de brinquedos infantis, incluindo uma mini montanha-russa. Além de poder brincar bastante, fotos com os personagens da Vila Sésamo estão disponíveis, assim como peças de teatro.

Antes da volta completa pelo parque terminar, é indispensável ver as exibições de cangurus e seus filhotes no Walkabout Way. Próximo dali, ficar observando o voo das araras pode ser uma bela maneira de esperar o Busch fechar e encerrar o dia.

Seu horário de funcionamento, das 9h às 18hs, permite o visitante curtir todas as atrações em dias sem muita lotação. Em meses como Julho e Dezembro, é preciso definir com cuidado quais serão os objetivos, visto que montanhas-russas como a Sheikra, Cheetah Hunt e Montu ficam com filas muito grandes.

O Busch Gardens consegue agradar toda a família, com a quantidade certa de atrações para crianças, adolescentes e adultos, sendo elas impecáveis animais (todos muitíssimos ativos), shows e brinquedos. Dispondo de uma incrível infraestrutura, o Busch se destaca junto com o Islands of Adventure, como os melhores da região da Flórida.


---

Resumão do Busch Gardens Tampa:

Alimentação: Fast-food e restaurantes com buffet (self-service).


Meu lugar favorito para comer é o Dragon Fire Grill (localizado em frente à Falcon's Fury), um dos maiores restaurantes do parque. Além de ter um buffet maravilhoso, você pode ver um excelente show. Outro ótimo lugar é a Zambia Smokehouse, localizada em frente a SheiKra. Excelente barbecue!

Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de Orlando (MCO). Para chegar ao parque, é recomendável ir de carro ou pegar um ônibus/shuttle gratuito que sai de alguns pontos da cidade de Orlando. Você pode reservar o seu ônibus aqui!

Dica campeã: Invista um pouco mais de tempo em filas para pegar todos as primeiras fileiras nas montanhas-russas do Busch Gardens. Vale! A! Penaaaaaaa!!!

Filas: tranquilas (-30min) a moderadas (+60min). Dê preferência em chegar ao parque pela manhã cedo e correr para Iron Gwazi ou Cheetah Hunt.

Melhores atrações: Iron Gwazi, SheiKra e Montu.

Melhores meses para visitar: Maio, Junho e Outubro.

Melhor ordem de brinquedos dentro do parque: Kumba / Tigris / SheiKra / Stanley Falls Flume / Walkabout Way / Iron Gwazi / ALMOÇO / Serengenti Train / Jungala / Sand Serpent / Scorpion / Falcon's Fury / Cheetah Hunt / Cobra's Curse / Montu

Preço: US$ 85,00 (adulto).

Site oficial: https://buschgardens.com/tampa/

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Valleyfair

Comments


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page