top of page

HEY!

Antes de ler, se você quiser saber mais detalhes de COMO foi o processo de me planejar para viajar e visitar esse parque, não deixe de ler meus diários de viagem. Caso seja muita informação para absorver e você gostaria de ter uma consultoria com roteiro personalizado, não deixe de me chamar no Whatsapp!

Cascanéia


Sempre li que os parques aquáticos do sul do Brasil tinham atrações criativas, fora do comum que vemos nos parques do sudeste e do nordeste. Com isso, tinha uma grande vontade de conhecê-los, para sentir como é a experiência nessas atrações doidas e diferentonas. Planejei uma viagem para o litoral sul com o objetivo de explorar como esses parques aquáticos são. Não tinha muito tempo disponível então selecionei dois como principal foco, um deles sendo o Cascanéia.

Entrada do Cascanéia

O Cascanéia fica escondido no meio das estradas de Gaspar, em Santa Catarina, próximo a Blumenau e Balneário Camboriú. O parque fica em um terreno montanhoso e desnivelado, algo que já dá para perceber pelo estacionamento cheio de ladeiras. O dia era um sábado de sol de janeiro, e assim que cheguei no parque, me deparei com uma multidão.

Fila do guarda-volumes do Cascanéia
A fila do Guarda-Volumes ficou assim pelas primeiras 2 horas e 30 minutos de funcionamento
Preços do guarda-volumes do Cascaneia
Preços do guarda-volumes do Cascaneia

Fazia muito calor, com a sensação térmica passando dos 40 graus. Devido ao local geográfico que o Cascanéia fica, um vale, uma sensação de abafado fica insistente durante o dia todo! Isso me fez ter uma queda de pressão que, infelizmente, me inviabilizou de ir em qualquer toboágua. Até porque, além disso, imensas filas se formavam em qualquer ponto do parque.

Filas do Cascaneia
Parque socado!
Piscina principal do Cascanéia

O Cascanéia não é um parque grande, e estando abarrotado de pessoas, caminhar por suas ladeiras e desníveis debaixo de um sol forte foi um verdadeiro desafio. A piscina principal é uma piscina quadrada normal, parecida com um clube, não com um parque aquático. Era tanta gente que as atividades da piscina, zumba, caça ao tesouro, bingo se misturavam e confundiam os visitantes.

Piscina principal do Cascanéia
Piscina principal do Cascanéia

Em busca de uma sombra, entrei na fila do Yoop!, o famoso balanço gigante do parque. Foi uma longa hora de fila desde da entrada no portal da atração, mas que valeu a pena pela adrenalina diferente que o brinquedo proporciona! Fiquei feliz de ir! Até achei que conseguiria ir em outras, mas não deu mesmo.

À esquerda do Yoop!, fica o caminho que leva ao ponto mais baixo do parque, em que fica um dos complexos de toboáguas artesanais do Cascanéia. O primeiro deles é o Abismo, uma rampa half-pipe (tipo aquelas de skate) revestida por azulejos, o que faz a boia deslizar ainda mais! Ao seu lado, o Karacol é um toboágua de 150 metros de extensão com curvas longas e fechadas em que você pode ir grudado em outro visitante! Coisa de maluco! Ao fim do Karacol, fica localizada a entrada da trilha da Cachoeira do parque.

Toboáguas do Cascaneia
Abismo, Cascaneia
Abismo
Karacol, Cascaneia
Karacol, Cascaneia
Karacol

Para quem gosta de radicalidade e o Abismo não foi o suficiente, o parque oferece a queda livre de 20 metros do Kamikaze e as curvas fechadíssimas do Tornado, um toboágua completamente enclausurado! Ao lado do complexo, fica a Piscina Tranquila, uma piscina sem atividades para descanso completo!

Tornado, Cascaneia
Tornado
Piscina tranquila, Cascaneia
Piscina tranquila, Cascaneia

Subindo para a parte elevada do Cascanéia, a primeira atração disponível é o Rampão, um toboágua em rampa livre direta até a parte de baixo. Mas é um pouco mais a frente que o parque alcança um novo nível em criatividade para atrações: o Toboloko é um toboágua de 250 metros de extensão em que 24 pessoas podem ir ao mesmo tempo e chegar uma velocidade de até 70 km/h; e o Desatino são dois toboáguas de corpo, também de 250 metros de extensão em que dois visitantes apostam corrida ao sair do topo!

Rampão, Cascaneia
Rampão
Rampão, Cascaneia
Rampão
Toboloko, Cascaneia
Toboloko
Desatino, Cascaneia
Desatino (dois toboáguas à esquerda)

Para as crianças, o parque oferece inúmeras opções de playground, como a Ilha Pirata, o Jardim das Águas, a área Acquakids, e animadores que ficam rodando o parque todo. No dia que eu fui, era visível que a quantidade de atrações é pouca em relação à quantidade de público que o parque pode receber. A infraestrutura de alimentação também não acompanhou o tamanho do público do dia, o que gerou falta de comida, longas filas e mais pressão baixa em mim.

Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia
Cascaneia

A visita ao Cascanéia foi uma das piores visitas que já fiz em um parque na minha vida, mas gostaria de voltar em um dia menos cheio para poder aproveitar de verdade. Pelo visto, os meses fortes do verão catarinense não são uma opção, e aconselho você, leitor, a passar longe do parque a partir de dezembro. O parque costuma abrir bem no início de outubro, então aconselho ir entre outubro e novembro. É o que farei da próxima vez.


---

Perguntas frequentes:


Onde fica o Cascanéia?

O Cascanéia fica na cidade de Gaspar, na rua José Patrocínio dos Santos, 2355.


Como chegar ao Cascanéia?

O aeroporto mais próximo é o de Navegantes (NVT). Para chegar até o parque, é recomendável alugar um carro e dirigir até Gaspar. A oferta de Uber na região é cara e se você não tiver hospedado pelo menos em Blumenau, muitos motoristas podem recusar uma corrida até outras cidades, como Balneário Camboriú.


Quais são as melhores atrações do Cascanéia?

Yoop!, Desatino e Abismo.


Quais são os melhores meses para visitar o Cascanéia?

Outubro e novembro.


Qual é a melhor ordem para fazer as atrações e brinquedos do Cascanéia?

Não tem! Sinta-se livre para ir onde quiser e quando quiser, porém, procure chegar e já ir até o Yoop!, por ter a fila mais demorada.


Qual é a melhor dica para o Cascanéia?

Não vá nos meses mais apelativos ao verão catarinense, isto é, dezembro e janeiro. O parque aquático lota demais, impossibilitando ter um dia de diversão. Procure ir nos primeiros meses de operação, como outubro e novembro, ou nos últimos, como fevereiro e março.

Que tipos de comida estão disponíveis no Cascanéia?

Comida típica de parque, como fast-food e salgados. O parque oferece um restaurante com culinária brasileira.

Quanto custa o Cascanéia?

O ingresso adulto para o fim de semana custa R$ 80. O parque oferece ingressos mais baratos para residentes, idosos, crianças e estudantes.


Qual é a duração das filas no Cascanéia?

Moderadas (até 60min).


Qual é o site do Cascanéia?

113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page