top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Hot Zone do Barra Shopping (RJ)

Há aproximadamente 15 anos atrás, a Barra da Tijuca na cidade do Rio de Janeiro crescia de olho em ser a Orlando brasileira. Muitos empreendimentos surgiram, como o Terra Encantada, Rio Water Planet, Wet'n Wild Rio, Parque da Mônica, BarraWorld, Game Works e Playland. O último deles, como todos os outros anteriores com exceção do Rio Water Planet, fechou suas portas devido à crise que assolou o país dois anos depois de todos esse empreendimentos serem inaugurados. Em seu lugar, o Hot Zone do Barra Shopping foi inaugurado, e hoje é um dos melhores parques indoor da América do Sul.

Como dito no relato do Hot Zone do Distrito Federal, os fliperamas apresentados repetem o padrão dos parques da rede. Porém, ao contrário do parque brasiliense, o espaço é duas vezes maior, portanto, o número de máquinas também.

Grandes jogos do passado, como Pac Man, Mortal Kombat, Street Fighter marcam presença em uma versão muito maior (e por muitas vezes mais difícil) do que os originais. Para complementar, o Hot Zone oferece as famosas máquinas de dança, e os simuladores de corrida.

O visitante pode se sentar em réplicas de moto e carros de corrida, que possuem todos os pedais possíveis para garantir mais realismo a disputa. Disputa essa que pode ser feita em parceria, já que as máquinas se comunicam entre elas, fazendo com que duas pessoas compitam entre si.

Jogos de esporte, como cestas de basquete e o tradicional pinball também estão disponíveis. O X-Rider, simulador com inúmeros filmes para serem escolhidos, tem bons movimentos, mas nada grandioso a ponto de se arrancarem gritos de surpresa.

Por ter o dobro do espaço da maioria de seus parques-irmãos, o Hot Zone do Rio de Janeiro é claramente dividido em duas grandes áreas: a das máquinas, como já citei acima, e a dos brinquedos, que são de um nível muito alto, a começar por uma das estrelas do parque: o balanço stand-up Freestyle.

O Freestyle possui uma capacidade de 4 pessoas por vez, dando a sensação de "batalha" à medida que os dois pêndulos balançam. O maior diferencial dele é que seu assento deixa o visitante em pé, muitíssimo similar as montanhas-russas stand-up, como a Riddler's Revenge do Six Flags Magic Mountain. O assento gira enquanto balança, fazendo com que o passeio seja sempre diferente.

Além dele, o Hot Zone dispõe da Twisted Coaster, uma montanha-russa onde os carrinhos giram durante o percurso, pegando uma velocidade de 28km/h e de uma versão menor do Super Frisbee, existente no Nicolândia.

A parte radical é complementada pelo simulador de montanha-russa, que inclusive dá inversões durante o passeio, que é de escolha do visitante. Já para as crianças, existe um carrossel, um submarino pendurado na parede (bem nauseante!) que possui movimentos giratórios de subir e descer, um bate-bate e os tradicionais jogos infantis das máquinas.

O ambiente do Hot Zone é imersivo, com cores fortes em suas paredes e bastante iluminação. Como a maioria dos parques indoors menores, não oferece qualquer opção de alimentação, não podendo ser julgado neste quesito. Não encontramos nenhuma máquina desligada, ou sinal de avaria nos brinquedos.

O Hot Zone abre às 13h, e fica funcionando até o shopping fechar, o que permite de forma folgada o visitante curtir todos os brinquedos que o interessa. O parque praticamente não possuía filas durante todo o dia, porém elas começaram a surgir de forma tímida no meio da tarde. Destaque negativo para a fila do Freestyle, que em virtude da baixa capacidade do brinquedo, demora bastante.

Cada atração possui um preço (são caros! Por exemplo, a montanha-russa e o Freestyle custam R$12), e assim, é possibilitado ao visitante escolher quanto ele deseja colocar no cartão de consumo. Algumas máquinas fornecem fichas que podem ser trocadas por brindes depois. Sem dúvida alguma, o Hot Zone é a melhor opção em matéria de parque de diversão que o estado do Rio de Janeiro possui, valendo a pena chegar cedo e curtir tudo que o Hot Zone tem para oferecer!


---

Resumão do HotZone do Barra Shopping/RJ:

Alimentação: Melhor usar a praça de alimentação do shopping. Existe um McDonald's bem ao lado!

Como chegar: Carro ou Uber são sempre opções, mas é possível chegar de transporte público através da estação Jardim Oceânico do metrô (Linha 4) e em seguida pegar um BRT em direção ao Barra Shopping.

Dica campeã: A partir das 18h é sempre mais divertido! O parque já está um pouco mais cheinho nesse horário, dessa forma não é necessário esperar muito para encher as atrações.

Filas: tranquilas (-30 min).

Melhores atrações: Balanço Stand-Up, Pista de Kart e Twisted Coaster.

Melhores meses para visitar: Todos.

Preço: Preços variam de R$ 5,00 (fliperamas) à R$ 15,00 (atrações maiores) por pessoa.


323 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page