top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Magic Springs

Atualizado: 28 de mai.

Ir para parques temáticos não é um hobby barato. Quando investimos nosso dinheiro em um ingresso, esperamos que aquele valor retorne para nós em forma de um dia inteiro cheio de diversão e adrenalina. Infelizmente, há algumas (raras) ocasiões em que você fica com raiva de ter comprado o ingresso. O meu dia no Magic Springs foi uma dessas vezes em que simplesmente eu entrei num parque da depressão.


Magic Springs entrance

Magic Springs entrance


Chegamos no Magic Springs no começo da hora do almoço, e o que mais nos atraiu no parque foi a montanha-russa X-Coaster, um modelo único em todo continente americano. Pagamos 55 dólares pelo ingresso (aproximadamente 310 reais) para entrar num parque fantasma. Não existia uma única pessoa na entrada do parque. Só fomos descobrir que existiam visitantes de fato quando vimos a piscina de ondas do parque aquático.


Magic Springs stores

Magic Springs stores

Magic Springs pool

O Magic Springs é localizado em uma cidade turística do estado do Arkansas, Hot Springs, famosa pelas águas termais. Foi construído dentro de uma floresta, com os brinquedos espalhados entre as atrações do parque aquático. Ao entrar, você pode seguir em frente e entrar direto no parque aquático Crystal Falls, seguir pela esquerda e ir na montanha-russa Arkansas Twister ou seguir pela direita e acessar os brinquedos do parque de diversões.


Magic Springs

Magic Springs

O título “parque da depressão” se revelava cada vez mais justo à medida que entrávamos nas árvores que escondiam os poucos brinquedos do Magic Springs. Na primeira parte do parque ficam as sete atrações infantis, algumas com cores vibrantes (provavelmente recentes) e outras que denunciavam o tempo que estavam ali, como o carrossel. 


Carousel no Magic Springs

Fearless Flyers no Magic Springs

Kit ‘n Kaboodle Express no Magic Springs

Krazy Kars no Magic Springs

Bugga Booga Wheel no Magic Springs

Looney Ballooney no Magic Springs

Carousel no Magic Springs

Depois de atravessarmos a ponte do lago principal em direção à X-Coaster, vimos o Pirate Ship (parado para manutenção), navio pirata do parque, e a Diamond Mine Run, uma montanha-russa infantil para as crianças que estão começando a experimentar a vida cheia de adrenalina. Ao contrário de muitos outros parques, o Magic Springs permitiu que fôssemos na Diamond Mine Run.


Magic Springs

Magic Springs

Magic Springs

Diamond Mine Run no Magic Springs

Diamond Mine Run no Magic Springs

Ao chegar na área de atrações radicais, no fundo do parque, corremos para a X-Coaster, que estava completamente sem fila. A montanha-russa é um show à parte, sendo uma das poucas montanhas-russas que me colocou uma grande quantidade absurda de medo. A subida em vertical seguida de momentos em baixa velocidade de cabeça para baixo me arrepiou até o último milímetro da minha espinha! É uma montanha-russa para se repetir várias vezes, até se sentir confortável com o percurso e rir da situação!


X-Coaster no Magic Springs

X-Coaster no Magic Springs

X-Coaster no Magic Springs

X-Coaster no Magic Springs

X-Coaster no Magic Springs

X-Coaster no Magic Springs

Vizinha à X-Coaster está a Big Bad John, uma montanha-russa de trem de mina na floresta que tem um percurso igual à River King Mine Train do Six Flags St. Louis. Aliás, elas costumavam estar juntas uma da outra no Six Flags, até que o parque resolveu vender uma delas. Percurso divertido e com muitos momentos de quase bater nas árvores.


Big Bad John no Magic Springs

Big Bad John no Magic Springs

A torre de queda livre do parque, a Brain Drain, é ótima, especialmente pela surpresa ao chegar ao topo em que a cada momento a queda é executada depois de segundos aleatórios parados lá em cima apreciando a vista. Infelizmente, na fila dessa atração, vimos que algumas pessoas olhavam feio para nós quando falávamos português, o que pode ter denunciado que não éramos tão bem-vindos assim ao parque. 


Brain Drain no Magic Springs

Não ligamos para isso e fomos acelerar nos carros antigos do Ozark Mountain Taxi Company, uma atração em que você dirige réplicas de carros antigos em miniatura por um circuito controlado. Exploramos o parque um pouco mais e vimos que duas atrações radicais estavam fechadas por falta de peças (e o Magic Springs deixou isso bem claro nas placas): a montanha-russa invertida The Gauntlet e o cataclisma The Hawk.


Ozark Mountain Taxi Company no Magic Springs

Ozark Mountain Taxi Company no Magic Springs
Ozark Mountain Taxi Company


As últimas duas atrações que faltavam irmos nessa área eram duas aquáticas: o splash radical Plummet Summit e o splash com barcos de troncos Log Flume. Ambas molham bastante, apesar do percurso não ser nada tão diferente do que já existe em outros lugares. O legal do Log Flume é que seu percurso é 100% na floresta!


Plummet Summit no Magic Springs
Plummet Summit

Tartaruga no Magic Springs

Log Flume no Magic Springs
Log Flume

Log Flume no Magic Springs

Muitos jogos de sorte e pontos de alimentação estavam fechados, já que a parte dos brinquedos estava quase sem algum visitante, e eram as atrações aquáticas que mais atraíam as pessoas, devido ao forte calor na região. Com exceção da X-Coaster, todas as outras atrações do Magic Springs não tinham qualquer diferencial diante de outros parques temáticos dos Estados Unidos.


Magic Springs
Deixaram a estrutura de um Skycoaster como decoração

Magic Springs
O parque era bem cuidado, mas quase não tinha pessoas

Corn Dogs no Magic Springs
Food truck terceirizado como opção de alimentação

A última atração que fomos foi a Arkansas Twister, uma montanha-russa de madeira de percurso clássico, com várias quedas e subidas. A experiência foi um tanto ruim, pela quantidade absurda de solavancos que o trem dava. Pelo menos, como fomos no último assento, ela tinha um pouco de airtime, a sensação de sair do banco.


Arkansas Twister no Magic Springs

Arkansas Twister no Magic Springs

Arkansas Twister no Magic Springs

Depois de duas horas, havíamos terminado de curtir as atrações do parque. Entendo que o valor engloba também os conjuntos de toboágua, mas mesmo com eles, o valor me parece um pouco elevado demais pela qualidade das atrações do Magic Springs. Sua conservação também não é das melhores, visto que a maior das atrações estavam com pintura desgastada. 


Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Crystal Falls no Magic Springs

Magic Springs

Torço para que o Magic Springs cresça e tenha uma melhor coleção de atrações no futuro, assim como melhore o aspecto geral. Hot Springs é uma cidade com muitas atrações turísticas e o parque tem condições de ser um dos principais pontos turísticos. É um daqueles lugares que você sente que se você fosse dono, tudo poderia ser muito diferente e caprichado. 


Perguntas frequentes:


Onde fica o Magic Springs?

O Magic Springs fica na 1701 East Grand Avenue na cidade de Hot Springs, distante 50 minutos do centro de Springfield, no estado do Missouri, nos Estados Unidos.


Como chegar ao Magic Springs?

O aeroporto mais próximo é o de Little Rock (LIT). Existe um serviço de ônibus entre Little Rock e Hot Springs via Greyhound, e dentro de Hot Springs, existem muitos hotéis ao redor do Magic Springs. Do centro de Hot Springs, a linha 3 de ônibus deixa na porta do Magic Springs. Outra alternativa ao carro é pegar um Uber/Lyft, que tem ampla abrangência pela região do parque.


Quais são as melhores atrações do Magic Springs?

X-Coaster, Brain Drain e Plummet Summit.


Quais são os melhores meses para visitar o Magic Springs?

Maio, Junho, Setembro e Outubro.


Qual é a melhor ordem para fazer as atrações e brinquedos do Magic Springs?

X-Coaster / Brain Drain / Big Bad John / The Gauntlet / Plummet Summit / Log Flume / The Hawk / Arkansas Twister 


Qual é a melhor dica para o Magic Springs?

Vá preparado para curtir o parque aquático e ficar o dia inteiro no parque para fazer valer a pena o valor pago no ingresso. Se possível, dê uma passada nas excelentes águas termais do Parque Nacional de Hot Springs, que assim, sua estadia na cidade será muito mais proveitosa.


Que tipos de comida estão disponíveis no Magic Springs?

Comida típica de parque de diversões norte-americano, como fast-food de hambúrgueres, frango frito, pizza e sorvetes. 


Quanto custa o Magic Springs?

O passaporte de 1 dia é de USD 55 (aproximadamente R$ 310).


Qual é a duração das filas no Magic Springs?

Tranquilas (até 30min).


Qual é o site do Magic Springs?

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page