top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Park do Gorilão

Atualizado: 29 de jan. de 2022

A cidade de Ribeirão Preto no interior de São Paulo é conhecida para muitos como "Califórnia brasileira". Essa denominação foi criada em virtude do potencial econômico da cidade, liderado principalmente pelo agronegócio. Com mais de 600 mil habitantes, Ribeirão possui quatro shoppings, e em um deles está o Park do Gorilão.

Localizado no Novo Shopping, o parque é uma extensão do complexo de diversão do Gorilão, espalhado pelo centro comercial. Além de ter pequenos brinquedos infantis nos corredores, o local conta com o Boliche do Gorilão, um pequeno parque indoor com salão de festa, fliperamas, pistas de boliche e jogos de sorte. O acesso ao Complexo é pelo corredor à esquerda da loja Decathlon, onde acontece uma feira de antiguidades e artesanatos.

Abrangendo um terreno no estacionamento do Novo Shopping, o Gorilão aparenta ser o menor parque que já fui. O que mais disperta a atenção é o brinquedo 360, uma espécie de miniatura do Loop Figther/The King, presente em alguns parques itinerantes como o Ita Center Park. Particularmente, achei o 360 muito mais intensa, rápida e confortável do que o The King. Aliás, tudo lá dentro parece miniatura de outro brinquedo.

A roda-gigante, que no Gorilão se chama Carousel, também disponta na silhueta junto com o Tabogan (tobogã). Do topo de ambos, dá para ter uma visão bem legal dos limites da cidade. Os dois já deixam claro a missão do Gorilão: fazer o visitante voltar a ser criança. Mesmo depois de tanta montanha-russa, não consegui segurar o sorriso ao descer do tobogã.

Por falar em montanha-russa, o Gorilão tem uma, do clássico modelo Brucomela, no parque chamada de Tuli Tula. E não é só o nome que difere. Nunca havia visto até então uma desse tipo com um cuidado tão grande de tematização e um trem tão confortável. Ponto para o gorila!

Em frente à ela, um bate-bate com uma condução deliciosa me fez não querer sair por três rodadas seguidas (não tinha quase ninguém mesmo na fila, por que não?). As crianças tinham um só para elas, menor. Vale ressaltar que o Gorilão não esconde que seu foco são elas.

O cuidado com a tematização não ficou somente na Tuli Tula. A Cavalaria traz uma lembrança ao Velho Oeste em seu percurso e a ferrovia Rio Grande tem o mais belo cenário que já vi. Diversos outros pequenos carrosséis estão espalhados pelo parque, inclusive um com barcos, outro com caminhões pulantes, outro que lembra o chapéu mexicano e o tradicional.

Outras miniaturas deixam o aspecto de parque "fofo" do Gorilão ainda mais evidente: tem Barca pirata, tagadá/samba (Hip Hop) e surf (Rodopio). O Rockin' Tug, brinquedo onde um barquinho fica balançando e rodopiando através de um trilho, completa o quadro de atrações inclusas no passaporte. Excluia-se o Cinema 7D e os jogos de sorte. Ressalva para os bem estruturados salões de festa.

O passaporte é muito inflado para o que o Gorilão oferece, custando R$90 a inteira e R$45 a meia, isso de segunda à sexta. Nos fins de semana, o meia vai para R$58 e a inteira para R$116. O Gorilão disponibiliza um cartão, em que o visitante pode colocar crédito e quanto mais coloca, mais bônus ganha. A alimentação, pelo contrário, tinha preços mais acessíveis.

Muito limpo, cheio de árvores, jardins e jardineiras, o Gorilão lembrou muito um parque da Cedar Fair, como o California's Great America. Destaque para a sonorização e o cuidado com a conversação. Infelizmente, algumas estrelas foram perdidas em Atrações e no Fator Diversão. Vazio durante todo o dia, o horário de funcionamento (15h às 22h) é mais do que suficiente para conhecer e ir em todos os brinquedos. Fica o sentimento de que caso o Novo Shopping forneça mais terreno ao Gorilão ele seja capaz de crescer e tornar-se uma boa referência no interior paulista.


---

Resumão do Park do Gorilão:

Alimentação: Fast-food e doces.

Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de Ribeirão Preto (RAO). Para chegar ao parque, é recomendável ir de carro ou Uber.

Dica campeã: O Park do Gorilão fica vazio no início da tarde, porém a noite as luzes são lindas!

Filas: tranquilas (-30min).

Melhores atrações: 360, Bate-Bate e Tuli-Tulá.

Melhores meses para visitar: Todos

Preço: R$ 62,00

131 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Valleyfair

留言


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page