top of page

HEY!

Antes de ler, se você quiser saber mais detalhes de COMO foi o processo de me planejar para viajar e visitar esse parque, não deixe de ler meus diários de viagem. Caso seja muita informação para absorver e você gostaria de ter uma consultoria com roteiro personalizado, não deixe de me chamar no Whatsapp!

Parque del Café


Você ama café? Você adora montanhas-russas? Já imaginou um lugar em que você possa ver o cultivo do café, sua história, a cultura de sua produção, e ainda assim, andar em ótimos brinquedos radicais e familiares, ver prédios históricos e comprar um delicioso café artesanal? Esse lugar existe! No meio do Eje Cafetero (eixo cafeeiro) da Colômbia, a cooperativa de produtos de café construiu um parque temático que celebra a produção de café do país e que hoje é um dos melhores parques temáticos da América Latina!

Entrada do Parque del Café

O Parque del Café fica na cidade de Montenegro, entre as cidades de Pereira e Armênia. O caminho até o parque é pelas estradas de serra sinuosas do vale do café colombiano, sendo recomendável alugar um carro ou comprar um transfer. O percurso desde Armênia demora 30 minutos e desde Pereira, demora 1 hora e 30 minutos. Você sabe que chegou ao Parque del Café quando vê a imponente Torre Mirador e seus cipós de flores.

Entrada do Parque del Café
Mirador do Parque del Café
El Mirador - a vista lá de cima é linda!

Todo o terreno é desnivelado, isto é, o parque se estende do topo de um vale até o seu meio. A parte inicial, onde fica a entrada, tem uma linda casa grande típica de fazenda de café, que abriga o sensacional e interativo Museu do Café, que conta com exposições contando o modo de vida dos cafeeiros na região no início de seu desenvolvimento, sua cultura, suas vestimentas, além de todos os detalhes sobre o cultivo e produção de café na Colômbia desde os primeiros cafeeiros até os dias atuais. Também traz dados mundiais sobre exportação e consumo de café em escala mundial! É incrível!

Museu do Café no Parque del Café
Parque del Café
O parque é bem transparente nas informações para o visitante
Museu do Café no Parque del Café

Ainda pela parte inicial, estão lindos cenários, com o Monumento a la Cosecha, conjunto de estátuas de figuras que trabalham no cenário do café; o Jeep Willys, um exemplar do veículo que foi popularizado na Colômbia para o transporte dos sacos de café; e o Sendero de Café, uma casa de sementes do café. A partir do Sendero, você pode escolher se gostaria de descer o morro a pé, pelos pés de café, ou pelos teleféricos.

Museu do Café no Parque del Café
Parque del Café

É claro que um menino da cidade como eu desceu pelos pés de café! Fiquei completamente fascinado com a diferença de cada pé, e com os meus conhecimentos que eram recém-adquiridos do Museu do Café, pude enxergar a diferença dos frutos. Não deixe de experimentar a fruta do café pura! É muito diferente do que você pode imaginar, o gosto é doce!

Pés de café no Parque del Café
Pés de café no Parque del Café
Pés de café no Parque del Café
Temática no Parque del Café
Todos os caminhos do parque são tematizados!

No caminho de descida, tem cenários como uma réplica de um cemitério dos indígenas que viviam na região; uma ponte de madeira histórica; uma casa típica colonial de camponês; o espaço do Show do Café, uma apresentação cultural lindíssima colombiana com música e danças típicas completamente imperdível; e uma ponte pênsil no meio de um gigantesco bambuzal.

Bambuzal no Parque del Café

Ao fim da ponte pênsil, está a Plaza de Bolívar, que é como um teleporte para o período colonial colombiano do auge do café. À esquerda, está o imponente prédio da estação de trem e a entrada para a área dos brinquedos Ciclón, uma roda radical que gira em 90º; os aviões do Báron Rojo; o pequeno Barco del Café e uma pista de kart individual.

Prédios típicos colombianos no Parque del Café

Os brinquedos Ciclón, Báron Rojo e Barco del Café

Prédios típicos colombianos no Parque del Café
Tren del Café no Parque del Café
Tren del Café
Parque del Café
Plaza de Bolívar no Parque del Café
Plaza de Bolívar no Parque del Café

A Plaza de Bolívar tem os edifícios coloridos que aparecem no filme Encanto, da Disney, que se inspirou na cultura e misticidade da cidade de Salento, distante 2 horas do Parque del Café. Dentro deles, estão diversas opções de comida, que são oferecidas por restaurantes típicos da Colômbia e também pela rede de fast-food Subway.

Plaza de Bolívar no Parque del Café
Plaza de Bolívar no Parque del Café
Plaza de Bolívar no Parque del Café
Plaza de Bolívar no Parque del Café

Subindo as rampas à direita da Plaza de Bolívar está a segunda área de brinquedos, que contém brinquedos infantis como carrossel, um pequeno splash, um mini bate-bate e um playground. Pertinho deles, fica o espaço do show El Arte de Café, um show que explica como é o trabalho dos cafeicultores do parque e qual é a magia por trás do café mais suave do mundo.

Área infantil no Parque del Café
Área infantil no Parque del Café
Área infantil no Parque del Café
Área infantil no Parque del Café
Área infantil no Parque del Café
Parque del Café
Parque del Café
Parque del Café
Parque del Café

A estrela dessa área do parque é a Montaña Rusa, uma montanha-russa histórica e raríssima em operação no mundo. O que ela tem de especial? Os assentos são em dupla, isto é, um senta na frente do outro, encaixados! Ambos são presos por apenas um grande cinto. O resultado é uma experiência muito radical, com uma subida em espiral que leva a quedas, curvas, e passagem em um túnel em uma velocidade de 66 km/h!

A Montaña Rusa costuma abrir próximo ao almoço e possui longas filas até o meio da tarde. Prefira ir nela no final do dia!

Uma ótima maneira de relaxar e colocar o coração de volta depois da Montaña Rusa é ir na Montaña Rusa Acuática, um passeio divertido e bem molhado com duas pequenas quedas. Para quem gosta de correr, a pista de kart em dupla é ótima para testar suas habilidades! Ela é de graça, então finalmente pude andar em um kart num parque de diversões! Não quero mais parar, sinto que descobri o corredor que existe em mim…

Montaña Rusa Acuática, Parque del Café
Parque del Café
Pista de Kart, Parque del Café
O próximo corredor da Fórmula 1
Pista de Kart, Parque del Café
Mandei muito bem, confia!
Pista de Kart, Parque del Café
Pista de Kart, Parque del Café
A fila do Kart é grande e demorada durante todo o dia. Somente nas últimas duas horas é que a fila diminui consideravelmente.

Passando por mais uma parte preservada da floresta, cheguei à Torre Cumbre. Essa atração é uma torre de 38 metros que é muito tranquila, pois o movimento de queda livre não existe, somente descidas e subidas gentis. Subindo mais uma rampa em direção à três grandes atrações, a primeira que aparece são os Rápidos, corredeiras super fortes com jatos imensos e em todo lugar, se tornando o brinquedo desse tipo que mais me molhou na vida! Eu saí completamente encharcado!

Torre Cumbre, Parque del Café
Torre Cumbre, Parque del Café
Rápidos, Parque del Café
Rápidos, Parque del Café
Rápidos, Parque del Café
Rápidos, Parque del Café
Definitivamente o river rapids que mais saí encharcado na vida!
Rápidos, Parque del Café

Depois dos Rápidos, estão as duas montanhas-russas mais recentes do Parque del Café. À direita, fica a Yippie!, uma montanha-russa familiar com um trem em formato do jipe Willys, e que é uma ótima experiência para todas as idades! Logo na saída da estação, ela tem um pequeno lançamento que leva até a subida, onde depois ela completa várias curvas íngremes antes de uma excelente quedinha no final!

Yippie!, Parque del Café

À esquerda, está a estrela do parque e na minha opinião, a melhor montanha-russa da América do Sul: Krater. A Krater é a montanha-russa mais moderna que hoje temos no nosso continente, sendo uma réplica da consagrada Iron Shark do Galveston Pleasure Pier. Tudo nela é incrível e altamente emocionante, a começar pela subida vertical em 90º, e depois a queda inclinada de 95º, uma velocidade máxima de 83 km/h e três inversões super fechadas e intensas! Experiência sensacional!

Krater, Parque del Café
Todos os armários do parque são gratuitos pelo tempo que o visitante desejar!

A última parte do parque, e mais longe da entrada principal, é onde realizei um dos meus maiores sonhos de vida: andar à cavalo! O passeio a cavalo custa 12.000 pesos colombianos (aproximadamente R$ 15) e é uma experiência de 1,6 quilômetros por um percurso com subidas e descidas. No começo, dá um medinho, principalmente quando o cavalo acelera para acompanhar o guia líder, mas depois que você se acostuma, é algo inesquecível!

Passeio a Cavalo na Colômbia, Parque del Café
Passeio a Cavalo na Colômbia, Parque del Café

Outra atração que nunca havia ido e sempre tive vontade de ir são os Botes Chocones, um bate-bate na água em que os carros são bóias motorizadas! É tudo muito divertido, porque dependendo de como você acelera e bate nos outros, pode causar uma onda para cima de você ou para cima de quem você bateu! O parque ainda ajuda todo mundo ficar encharcado ao colocar um chafariz bem em cima do lago em que o brinquedo está. Só tem que tomar cuidado para não acelerar demais o pedal, senão você ficará rodando em círculos!

Botes Chocones, Parque del Café