top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Playcenter Family

Me lembro de uma certa época, não sei ao certo quando, que me levaram à Playland do Shopping Aricanduva. Foi um rolezão para chegar até lá. Não tinha metrô exatamente perto, e foram mais alguns minutos de ônibus até o Complexo Aricanduva. Quando cheguei lá, me deparei com um parque de diversões indoor meio triste e sem muitas opções de diversão.

Quando soube que a marca Playcenter iria voltar através do Playcenter Family, e que escolheram a Playland do Aricanduva como destino, fiquei empolgado para saber como seria a transformação. Afinal, o Playcenter era conhecido pelo seu capricho e bom gosto, até os últimos dias.

Confesso que demorei muito para visitar o Playcenter Family, mas tudo na vida é oportunidade, né? Chamei um amigo meu e lá fomos nós de carro para o Aricanduva, que parecia nunca chegar. Depois de desbravar os diversos setores do shopping imenso, finalmente chegamos à praça de alimentação que me lembro de dar acesso à Playland. Só que dessa vez, descemos as escadas rolantes e entramos pelos portões de vidro do Playcenter Family.

O ambiente havia se transformado completamente. As paredes azuis e frias deram lugar a divertidos desenhos das atrações clássicas que passaram pelo Playcenter. Cada atração que via ali me despertavam um turbilhão de memórias (e olha que nem sou de São Paulo!). Fiquei admirando aquela parede por uns 10 minutos, antes de decidir onde eu ia brincar.

A estrela do Playcenter Family é o gigantesco Disk'o! Seu modelo é bem maior do que aqueles que vemos nos parques itinerantes por aí, e é por isso que tudo se torna tão mais divertido! Sua velocidade é de tirar o fôlego, e o troço chega muito muito perto do teto! Você sai com o coração batendo a mil! É ou não é uma das melhores sensações da vida?

Como eu curti essa vibe de quase tocar o teto, fui na Sky Tower, que não era um Turbo Drop, mas dava para o gasto. O frio na barriga continuava lá. A cada quedinha, se você fechasse os olhos, dava para imaginar estar no Turbo da Barra Funda.

A Dragão era a montanha-russa que já existia na Playland, mas agora ela ficou super lindona e dá 5 a 7 voltas! Eu não parava de rir! Dá para ser feliz no Playcenter Family sim! A galera que curtia a Barca Pirata logo ao lado concordava comigo.

Ainda tinha bate-bate (daqueles magnetizados como o Vambatê do Hopi Hari), carrossel, um brinquedo estilo chapéu mexicano em formato de árvore, e o Samba Balloon, bem conhecido das crianças do Playcenter. Ainda tinha um circuito de desafios, porém estava fechado devido à pandemia.

Achei tranquilo aproveitar os fliperamas. As pessoas (exceto os viciados) se revezavam rápido, então dava para brincar em todos que quiséssemos. O que mais dava tickets era o fliperama da Pantera Cor de Rosa, e o que menos dava era o do Plants VS Zombies. Meu amigo era o campeão de Skee Ball, e ganhamos muitos tickets com isso.

Queria ter passado mais tempo no Playcenter Family, porém o dinheiro era limitado e eu tinha um voo para pegar. Porém, não vejo a hora de voltar! O lugar realmente carrega o espírito do velho Play e é uma pedida para qualquer fim de semana.


---

Resumão do Playcenter Family:

Alimentação: Inexistente. Coma antes nos restaurantes do Shopping. Não é permitido sair do parque para comer no shopping e depois voltar.

Como chegar: Carro ou Uber são sempre opções, mas é possível chegar de transporte público através do metrô (vá até a estação Arthur Alvim e depois pegue um Uber até o Aricanduva).

Dica campeã: Carregue R$ 100 em créditos e você ganhará mais R$ 250 de bônus. Você vai ficar lá por muuuuuito tempo.

Filas: tranquilas (-30min).

Melhores atrações: Disk'o, Dragão e Sky Tower.

Melhores meses para visitar: Todos

Preço: variados! Consulte a bilheteria do parque.

185 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page