top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

PlayKid

No pique de conhecer alguns parques no Rio de Janeiro, como o Parc Magique, e Parque Shanghai, parei em Duque de Caxias para uma rápida conferida em uma das unidades móveis da rede itinerante Play Kid.

O Play Kid se instalou no estacionamento do Caxias Shopping, à beira da rodovia Washington Luís. O espaço era pequeno, mas não deixava o parque menos divertido. Para curtir as atrações, podia-se comprar o ingresso individual de R$ 5, o conjunto de 5 atrações (à escolha do visitante) por R$ 20 ou o passaporte por R$35. Clássicas atrações estavam presentes como os radicais Kamikase e Amor Express, ambos com efeitos de luzes muito bons, que se repetia nos outros brinquedos.

A única montanha-russa montada era uma Brucomela, que acabou se revelando a melhor que já andei até hoje. Muito suave nas curvas, que normalmente são o terror desse tipo de modelo. Fica um ponto negativo para o operador da montanha-russa, que disse que a trava era desnecessária e que podia ir sem. Ato irresponsável que poderia levar à um acidente.

Fiquei surpreso ao ver um Swing Dance, muito bem conservado. Aliás, todos os brinquedos do PlayKid estavam com suas pinturas em dia e não vi nenhum com ferrugem. Nauseante desde sempre, possuía a maior fila do parque. Para confundir ainda mais sua mente (deixando tudo mais divertido!), a fun-house Play Kid Show tinha truques de espelhos, luzes e chão que se move.

Inclusive, apesar de estar bem cheio, o PlayKid lidou muito bem com as filas, sendo pequenas ou inexistentes. Dava para curtir dentro do horário de funcionamento (16h às 22:30h) todos os brinquedos como o Navio Pirata e o Surf, que atraíam bastante gente. Aliás, vale ressaltar que senti falta de um brinquedo-estrela que não seja comum à maior parte dos itinerantes brasileiros.

Para fechar o quadro de atrações, tinha Bate-Bate, Tele-Combate e pequenos carrosséis infantis. A comida do Play Kid se resumia a pipoca, algodão-doce e maçã-do-amor principalmente. Poucas eram as barraquinhas com cachorro-quente e sanduíche. Existem outras unidades do Play Kid, que costumam rodar as cidades da região metropolitana do Rio de Janeiro e Região dos Lagos, também no mesmo estado.


---

Resumão do Play Kid:

Alimentação: Fast-food e doces.

Dica campeã: A partir das 18h é sempre mais divertido! O parque já está um pouco mais cheinho nesse horário, dessa forma não é necessário esperar muito para encher as atrações.

Filas: tranquilas (-30 min).

Melhores atrações: Crazy Dance, Kamikaze e Montanha-Russa.

Melhores meses para visitar: Todos.

Por onde costumar estar: Estado do Rio de Janeiro.

Preço: 1 ingresso é R$ 5,00 / 5 ingressos por 20,00

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Valleyfair

Comments


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page