top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Six Flags Great America

Atualizado: 3 de abr.


Chicago é uma cidade apaixonante. Os prédios da cidade à beira do Lago Michigan guardam uma cidade cosmopolita, cheia de cultura e verde que conseguem agradar até o mais exigente turista urbano. Já tive a oportunidade de visitá-la duas vezes, e fiz questão de passar pelos mesmos lugares que me encantaram: o Millennium Park, parque urbano com a escultura gigante espelhada em formato de feijão, o Navy's Pier com sua majestosa roda-gigante, e o maior atrativo turístico de Chicago: o Six Flags Great America.


Sky Trek no Six Flags Great America em Chicago
Sky Trek Tower - a primeira atração que você vê ao chegar no Six Flags Great America

O parque temático fica a alguns minutos da cidade, e é chegar lá de Uber ou de carro. Ele tem o mesmo layout do California's Great America, localizado em San Francisco, Califórnia, porque ambos foram criados pela mesma empresa no passado, a empresa de hotéis Marriott. Sua entrada é majestosa, composta pelos chafarizes em frente ao lindo Columbia Carousel, especialmente desenhado para os parques Great America.


Columbia Carousel no Six Flags Great America em Chicago

Columbia Carousel no Six Flags Great America em Chicago
Columbia Carousel


Por conta do parque ter um amplo quadro de atrações, pode ser interessante optar pelo uso do Flash Pass. Seu funcionamento é um pouco complexo: é dividido entre Regular, Gold e Platinum. É fundamentalmente baseado no sistema de espera virtual, em que o visitante recebe um aparelho digital onde reserva uma atração por vez. Ao chegar o horário marcado, o aparelho vibra, e o visitante pode ir a atração a partir daquele horário. Na opção "Regular", espera-se o tempo da fila normal; na opção "Gold", espera-se o tempo da fila normal reduzido em 50% e na opção "Platinum" espera-se o tempo da fila normal reduzido em 90%. Pode-se repetir as atrações quantas vezes quiser. O Flashpass é pago, custando de acordo com a opção desejada. Vale lembrar que até 6 pessoas podem usufruir juntas do mesmo aparelho.


Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

A primeira montanha-russa do dia foi a Maxx Force, uma montanha-russa rara de lançamento por ar comprimido - o tipo mais intenso que existe. A Maxx Force lança de 0 a 125,5 km/h seu trem em apenas 1,8 segundos. Durante seu curto percurso de apenas 23 segundos, você faz 4 inversões! A Maxx Force imediatamente se tornou a minha montanha-russa favorita do parque e uma das minhas 50 mais amadas. Simplesmente inexplicável a sensação de ser lançado via ar comprimido - parece que todo o seu corpo é sugado! É interessante ir na Maxx Force logo no ínicio do dia, com os portões abrindo, ou nos últimos minutos do dia, visto que sua fila é extremamente lenta.


Maxx Force no Six Flags Great America em Chicago

Maxx Force no Six Flags Great America em Chicago

Maxx Force no Six Flags Great America em Chicago


Seguimos para o Southwest Territory, área temática dedicada ao Velho Oeste americano. Logo nela já pude perceber a tematização presente nos parques Six Flags. Ainda que modesta comparada aos parques de Califórnia e Orlando, é bem executada e cumpre seu papel. Além disso, notei que o Great America tinha uma atmosfera temática superior aos outros parques da rede Six Flags, além de ser muito mais limpo e bem cuidado.


Raging Bull no Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Continuamos na caça às 15 montanhas-russas do Six Flags Great America indo na Viper, que me surpreendeu. Esperava um passeio pesado e cheio de tremeliques, porém a atração se revelou suave na medida do possível e arrancou alguns gritos meus e dos meus amigos com suas curvas fechadas em alta velocidade.


Viper no Six Flags Great America em Chicago

Viper no Six Flags Great America em Chicago

Viper no Six Flags Great America em Chicago


A próxima montanha-russa é um dos amores da minha vida. A Raging Bull é uma hiper montanha-russa com uma queda de 63 metros e velocidade máxima de 117 km/h! Me lembro que, em 2016, não custou muito para ela, já na primeira queda, me fazer sentir uma criança de novo curtindo a alegria de se ir numa montanha-russa pela primeira vez, e curtir aquele passeio gritando a plenos pulmões. As colinas da Raging Bull são deliciosas, me fazendo sair do banco todas as vezes, de forma suave e divertida. Repetimos, porque sim!


Raging Bull no Six Flags Great America em Chicago

Raging Bull no Six Flags Great America em Chicago

A Southwest Territory ainda guardava o barco River Rocker e a torre de queda livre Giant Drop. Fiquei admirando um pouco a arquitetura de Velho Oeste da área antes de seguir para o Justice League: Battle for Metropolis, um brinquedo indoor que temos que salvar Metropolis dos vilões da DC Comics. Pontaço para as Six Flags por construir um brinquedo super divertido e com um sistema fácil de tiro ao alvo. Diversão para toda família!


Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Giant Drop no Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Justice League: Battle for Metropolis no Six Flags Great America em Chicago
Justice League: Battle for Metropolis

Ao cair na área de County Fair, rapidamente parecia que eu tinha sido teletransportado para o California's Great America. Era muito parecido! A montanha-russa Demon, é um clone exato da do parque da Califórnia, e também mais gostosa de andar. Tive um prazer imenso em fazer seus sacarrolhas, não muito populares por serem confortáveis nesse modelo.


Demon no Six Flags Great America em Chicago

Demon no Six Flags Great America em Chicago

Vizinha à Demon, fica a X-Flight. Tendo a Gatekeeper do Cedar Point como uma ótima referência das montanhas-russas aladas, acabei me decepcionando com essa atração. A X-Flight tem um excelente percurso, com alguns elementos bem bacanas (como a parte que o trem fica totalmente perpendicular ao chão!), porém deixa a desejar no conforto. Foi um pouco dolorido.


X-Flight no Six Flags Great America em Chicago

X-Flight no Six Flags Great America em Chicago

X-Flight no Six Flags Great America em Chicago

X-Flight no Six Flags Great America em Chicago

X-Flight no Six Flags Great America em Chicago


Depois de termos almoçado no Johnny Rockets, enlouquecemos e fomos encarar a American Eagle. Eu e meu almoço nos sentimos dentro de um liquidificador. Foi tremedeira do início ao fim. Em alta velocidade. A American Eagle é uma montanha-russa dupla, infelizmente os trens não estavam competindo entre si devido ao baixo público.


Six Flags Great America em Chicago

American Eagle no Six Flags Great America em Chicago

American Eagle no Six Flags Great America em Chicago
American Eagle

É curioso que o Six Flags Great America não tem uma área temática dedicada aos Looney Tunes, personagens do parque junto com a Liga da Justiça. Ao invés disso, o parque tem duas áreas infantis distintas, uma perto da American Eagle e outra perto da Goliath, minha próxima montanha-russa. Antes dela, ainda tinha o pêndulo Revolution, mas passei.


Six Flags Great America em Chicago

Revolution no Six Flags Great America em Chicago
2023 foi o último ano de operação do Revolution

A Goliath é um monstro de madeira, sendo a segunda montanha-russa de madeira mais rápida do mundo (na época que andei, ainda era a mais rápida!). O trem alcança 116 km/h e passa por 2 inversões, de forma suave, me fazendo sentir fora do banco várias vezes. Meu coração ficou dividido entre ela e a Raging Bull como a melhor do parque, mas fico com meu amorzinho Raging Bull. Uma curiosidade: na época de inauguração da Goliath, o Fantástico fez matéria nela!


Goliath no Six Flags Great America em Chicago

Goliath no Six Flags Great America em Chicago

Goliath no Six Flags Great America em Chicago

Goliath no Six Flags Great America em Chicago

A área após a Goliath, o Yukon Territory, tem como principal atração é o Loggers Run, brinquedo aquático bem divertido com umas quedas que molha MUITO! Além disso, guarda o Camp Cartoon, segunda área infantil, em que não deixamos de ir na Sprocket Rockets. Outra montanha-russa infantil/familiar que também fica por essa área é a Little Dipper, uma montanha-russa história que o Six Flags Great America salvou.



Little Dipper no Six Flags Great America em Chicago


Sprocket Rockets no Six Flags Great America em Chicago
Sprocket Rockets

A nova área da DC Universe tem a The Flash: Vertical Velocity, uma montanha-russa em forma de U com lançamentos para frente e para trás em velocidades superiores à 112 km/h. Essa montanha-russa é um dos meus modelos favoritos, especialmente pela força que sentimos durante seus lançamentos puxando a pele da nossa cara até onde é possível (como a Maxx Force). Maravilhosa!


The Flash: Vertical Velocity no Six Flags Great America em Chicago

The Flash: Vertical Velocity no Six Flags Great America em Chicago

The Flash: Vertical Velocity no Six Flags Great America em Chicago

Ainda no DC Universe, temos a Batman: The Ride, montanha-russa invertida muito popular nos parques Six Flags. Intensa, pode desagradar aqueles que gostam de experiências suaves, mesmo que radicais. Acho que já até me acostumei as Batmans, porém essa tem um destaque positivo por quase não bater a cabeça.


Batman: The Ride no Six Flags Great America em Chicago

Batman: The Ride no Six Flags Great America em Chicago

Batman: The Ride no Six Flags Great America em Chicago

Batman: The Ride no Six Flags Great America em Chicago


Se tem montanha-russa do Batman, tem montanha-russa do Coringa! A The Joker é uma montanha-russa alada em que os assentos giram em torno de si ao longo do percurso, dando cambalhotas! A experiência dessa montanha-russa é completamente aleatória cada vez que você vai! Recomendo ir várias vezes, viu? (Se a fila permitir...)


The Joker no Six Flags Great America em Chicago


Super-Villians Swing no Six Flags Great America em Chicago
Super-Villians Swing, o chapéu mexicano dos vilões da DC

Entrelaçado no Logger's Run, fica o Aquaman Splashdown, uma atração aquática de canal de troncos com muitas quedas extremamente molhadas! Para completar a aventura aquática, poucos metros à frente fica o excelente Roaring Rapids, uma corredeira de águas rápidas com ondas fortes.




Completando a volta completa no Six Flags Great America, a última área é a Orleans Place. Nela, andamos na The Dark Knight Coaster, uma montanha-russa indoor baseada no universo do Batman de Christopher Nolan. A tematização de sua fila impressiona demais, assim como sua tematização interna. Foi a melhor Wild Mouse que eu já andei (junto com a Torbellino do Parque de la Costa na Argentina), não só pelos efeitos especiais, mais pela quantidade de rodopios.


The Dark Knight Coaster no Six Flags Great America em Chicago

The Dark Knight Coaster no Six Flags Great America em Chicago

The Dark Knight Coaster no Six Flags Great America em Chicago
O trem da The Dark Knight Coaster é um trem de metrô!

Fomos para Superman: Ultimate Flight sabendo da sua fama de ser o modelo de montanha-russa voadora mais fraco que temos no mundo dos parques de diversões. Realmente. Nem parecia que estavámos numa voadora, exceto pelo Pretzel Loop, momento que ficamos totalmente virados para o céu. De resto, foi apenas um passeio tranquilo em posição de voo.


Superman: Ultimate Flight no Six Flags Great America em Chicago

Superman: Ultimate Flight no Six Flags Great America em Chicago

Superman: Ultimate Flight no Six Flags Great America em Chicago


Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

Antes de ir embora, fomos curtir um pouco a animação com os Looney Toons na Hometown Square, e andar na The Whizzer. Essa montanha-russa é antológica, um pedaço vivo da história das montanhas-russas. Em funcionamento desde 1976, a Whizzer não tem travas. SIM! Você vai completamente sem proteção no carrinho, apenas segurado pela força da gravidade. A montanha-russa não tem grandes curvas, mas possui algumas quedinhas e subidinhas que fazem você tremer! Foi uma experiência única e que guardo com muito carinho! <3


Whizzer no Six Flags Great America em Chicago

Whizzer no Six Flags Great America em Chicago

Whizzer no Six Flags Great America em Chicago

Whizzer no Six Flags Great America em Chicago

Six Flags Great America em Chicago

O Six Flags Great America nos deu, mais uma vez, um dia de rei. O parque é super colorido e animado, muito diferente dos outros dois Six Flags que eu havia visitado. Facilmente poderia estar em Orlando e ser destaque da região. Sua limpeza era impecável, e os funcionários sempre estavam dispostos a ajudar com um sorriso no rosto.


Maxx Force no Six Flags Great America em Chicago

Columbia Carousel no Six Flags Great America em Chicago

O parque ainda nos surpreendeu com um lindo show de fogos no fim do dia em comemoração ao Pride Month nos Estados Unidos. Existem outras ótimas atrações, mais apelativas à família, que não fomos, como a ferrovia que percorre todo o perímetro do parque; a torre de observação Sky Trek logo na entrada do parque; e brinquedos giratórios espalhados por todo o parque. Para 2024, o Six Flags Great America inaugurará o pêndulo gigante Sky Striker no lugar do Revolution.


Sky Striker no Six Flags Great America em Chicago

Columbia Carousel no Six Flags Great America em Chicago

A alimentação do parque dispõe de muitas lanchonetes e quiosques diferentes, incluindo restaurantes de alto padrão. O destaque fica, claro, para a sua coleção de montanhas-russas, porém o Six Flags Great America é um parque completo. Tem atrações para todos os gostos e idades, sendo um mundo muito animado de diversão, magia e adrenalina. Não é a toa o principal ponto turístico de Chicago!


---

Perguntas frequentes:

 

Onde fica o Six Flags Great America?

RESPOSTA

 

Como chegar no Six Flags Great America?

O aeroporto mais próximo é o de Chicago (ORD). Para chegar ao parque, é recomendável ir de carro ou Uber. Se quiser ir de transporte público desde o centro de Chicago, você consegue pegar o trem UP-N na estação Ogilvie Transportation Center até a estação Waukegan, e de lá, pegar um Uber até o parque (15 minutos) ou o ônibus 565.

 

Quais são as melhores atrações do Six Flags Great America?

Goliath, Raging Bull e Maxx Force.

 

Quais são os melhores meses para visitar o Six Flags Great America?

Maio, Junho e Outubro.

 

Qual é a melhor ordem para fazer as atrações e brinquedos do Six Flags Great America?

Maxx Force / Superman: Ultimate Flight / The Dark Knight Coaster / Roaring Rapids / The Joker / Batman: The Ride / Aquaman Splashdown / The Flash: Vertical Velocity / Goliath / Sky Striker / American Eagle / X-Flight / Demon / Justice League: Battle for Metropolis / Giant Drop / Raging Bull / Whizzer

 

Qual é a melhor dica para o Six Flags Great America?

Chegue antes do parque abrir e vá na Maxx Force! O Six Flags Great America é enorme e você precisa tirar o máximo do seu dia! É papo de ficar até os portões fecharem também. Caso queira fazer uma visita mais tranquila, considere fazer dois dias de parque, porque assim, você terá o tempo perfeito para aproveitar as atrações radicais e familiares com calma.

 

Que tipos de comida estão disponíveis no Six Flags Great America?

Fast-food e culinária americana. Meu lugar favorito para comer são as lanchonetes da área de County Fair, em frente a X-Flight. Dá para encontrar pizza, frango, hambúrgueres com queijo e hambúrgueres de bacon, macarrão com queijo, saladas e sobremesas.

 

Quanto custa o Six Flags Great America?

O ingresso do Six Flags Great America custa USD 45 (aproximadamente R$ 240).

 

Qual é a duração das filas no Six Flags Great America?

Tranquilas (-30min) a moderadas (+60min).

 

Qual é o site do Six Flags Great America?

69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Коментарі


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page