top of page

HEY!

Antes de ler, se você quiser saber mais detalhes de COMO foi o processo de me planejar para viajar e visitar esse parque, não deixe de ler meus diários de viagem. Caso seja muita informação para absorver e você gostaria de ter uma consultoria com roteiro personalizado, não deixe de me chamar no Whatsapp!

Wet'n Wild São Paulo


Nos dias mais quentes dentro do Hopi Hari, confesso que quando eu estava no topo da Montezum ou na Giranda Mundi, olhava para o Wet'n Wild com aquela vontade enorme de estar lá! A região do km 72 da Rodovia dos Bandeirantes é cheia de sol durante boa parte do ano, o que a torna um lugar perfeito para um parque aquático. Minha paixão é montanha-russa, mas eu não resisto de me tacar de um toboágua de vez em quando, ainda mais em dias calorentos!

Wet'n Wild São Paulo
Wet'n Wild São Paulo
Todo dia antes de abrir o Wet'n Wild atualiza esse quadro, achei muito legal!
Wet'n Wild São Paulo

Desde que o parque trouxe as novas atração Meteor e Cyclone, alimentava uma vontade absurda de voltar ao Wet'n Wild. Chamei meus amigos e com um sol lindo no céu, chegamos às 10:30, meia hora depois do parque abrir. Uma das vantagens do Wet é que o público normalmente é muito de boa, sem muitos dias de lotação mesmo nos fins de semana.

Wet'n Wild São Paulo

O parque aluga boia, toalha e armário. As boias só podem ser usadas na Wave Lagoon (piscina de ondas) e Lazy River (rio lento). Se você estiver com um grande grupo, o custo/benefício do armário grande é melhor, já que ele cabe facilmente duas mochilas de pequeno porte e o parque ainda devolve o depósito caução em dinheiro ao apresentar a nota de aluguel no fim do dia.

  • O aluguel da boia custa R$ 20 (depósito caução de R$ 5);

  • O aluguel da toalha custa R$ 35 (depósito caução de R$ 20);

  • O aluguel do armário pequeno custa R$ 37 (depósito caução de R$ 10);

  • O aluguel do armário grande custa R$ 47 (depósito caução de R$ 10);

Preço dos armários no Wet'n Wild São Paulo
Wet'n Wild São Paulo

O público estava tranquilo. Notamos que as filas eram muito pequenas ou inexistentes, então corremos para o Vortex, uma das filas mais demoradas do parque. O Vortex é um funil gigantesco com uma queda repentina que dá um imenso frio na barriga antes de entrar no funil. É uma atração que poderia facilmente várias vezes diante da experiência tão legal que é!

Vortex, Wet'n Wild São Paulo
Vortex, Wet'n Wild São Paulo
Vortex, Wet'n Wild São Paulo

Uma das vantagens do Wet'n Wild é o tamanho pequeno do parque, o que faz com que você não ande muito entre uma atração e outra. Ao lado do Vortex, fica o complexo "Radicalize" com os toboáguas mais extremos do parque. Escolhemos primeiro o R4lly, um conjunto para quatro pessoas escorregarem com um tapete apostando corrida! Para ganhar, o segredo é sempre ser o primeiro a sair!

R4lly, Wet'n Wild
O tapete às vezes oferece um atrito muito forte com o toboágua fazendo com que os visitantes parem no meio do toboágua ou percam seu tapete no freio. Tome cuidado!

Ao lado do R4lly fica o clássico Kamikaze (toboáguas laranja e vermelho), que faz você descolar do toboágua! A sensação parece aterrorizante, mas eu juro que isso é apenas a força da gravidade atuando devido ao formato ondulado do Kamikaze. Para acalmar um pouco o coração, fomos no Twister, uma dupla de toboáguas de boia muito tranquila, que arranca divertidos sorrisos na hora das curvas!

Twister, Wet'n Wild São Paulo
As curvas do Twister
Twister, Wet'n Wild São Paulo

Meu foco no dia era o Meteor, o maior toboágua de cápsula/queda livre do mundo! São 40 metros de altura, algo semelhante a um prédio de 13 andares. Pouquíssimos visitantes têm coragem de encará-lo, e os que conseguem, não podem demonstrar medo - caso contrário, o operador irá fazer várias falsas partidas, isto é, a cápsula não irá se abrir ao fim da contagem! É de testar o coração MESMO! O lado positivo é que a queda é super gostosa (apesar da quantidade de água) e você sente muita vontade de ir de novo e de novo!

Meteor, Wet'n Wild São Paulo
Encara o Meteor? Juro que é mais tranquilo do que parece!

O outro toboágua de cápsula é o Cyclone, que é bem mais tranquilo que seu irmão maior Meteor. São 22 metros de altura, mas com uma surpresa muito legal: um looping horizontal de 360º antes de chegar na saída da piscina. Confesso que é tão rápido que você quase nem sente o seu corpo fazendo uma volta completa! Uma das melhores atrações aquáticas familiares do país!

Cyclone, Wet'n Wild São Paulo
Cyclone, Wet'n Wild São Paulo

Atrás do Meteor e do Cyclone fica o Water Bomb, uma atração que quase ninguém vai por não achar ou por não saber da existência. Suas filas estão sempre vazias, e há um fator para não acumular visitantes nas escadas: são três tobogãs fechados que saem de uma torre de sete metros de altura e que, em alta velocidade, deslizam o visitante para uma piscina de águas cristalinas. Parece MUITO uma queda de cachoeira! É obrigatório saber nadar para ir.

Water Bomb, Wet'n Wild São Paulo
Water Bomb, Wet'n Wild São Paulo

Depois de tanta atração radical, almoçamos no Snack Bar, a maior lanchonete do parque. O cardápio são combos diferentes de hambúrgueres e batata-frita, com preço similar ao que vemos nas redes de fast-food. O Wet oferece outros pontos de alimentação com opções diferentes de comida, como pizza, churrasco, cachorro-quente, açaí, sorvetes, coxinhas e pastel.

Wet'n Wild São Paulo
Wet'n Wild São Paulo

Descansamos do almoço na Ilha Misteriosa do Cascão, um ambiente fechado tematizado com o personagem da Turma da Mônica que mais evita água! O paradoxo é justificado nos brinquedos do playground que fica dentro da Ilha - sai água para todos os lados e você tem que desviar (ou não!). Um dos destaques é o balde gigante que entorna água e os pequenos toboáguas - se você é adulto, espere sentado alguns segundos antes de descer para acumular água e ter mais aderência para escorregar!

Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo
Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo
Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo
Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo
Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo
Ilha Misteriosa do Cascão, Wet'n Wild São Paulo

Atrás da Ilha do Cascão fica o complexo do Surge e do Bubba Tub, dois toboáguas de boia. O Surge é uma espécie de rafting, com curvas fortes em alta velocidade que fazem seu coração sair pela boca! O Bubba Tub, uma das melhores atrações do parque, é bem semelhante ao Surge, mas a curvas são ainda mais intensas e quedas absurdamente emocionantes! Confesso que nas quedas finais do Bubba Tub eu gritava horrores de medo! Poucas atrações fazem isso comigo...

Surge e Bubba Tub, Wet'n Wild São Paulo
Bubba Tub à esquerda e Surge à direita
Surge e Bubba Tub, Wet'n Wild São Paulo
No Surge é obrigatório ser 3 a 4 pessoas; no Bubba Tub, são somente 2. Lembre-se disso!

Em frente a Ilha do Cascão está o complexo do Space Bowl, que são toboáguas de queda livre em tigelas! Um deles é aberto e o outro é fechado, o que deixa a experiência totalmente diferente! Assim como o Water Bomb, é obrigatório saber nadar por conta da profundidade da piscina de 2,55m.

Space Bowl, Wet'n Wild São Paulo
Space Bowl, Wet'n Wild São Paulo
Space Bowl, Wet'n Wild São Paulo

Atravessando a Wave Lagoon e indo para o lado direito do parque, saímos em frente ao Crazy Drop, único toboágua dessa região. A fila do Crazy Drop é a mais lenta de todo o parque, por isso deixamos ele por último, já que no meio da tarde o tamanho diminui consideravelmente. O Crazy Drop é uma das atrações mais fortes do parque, principalmente pela sua queda íngreme e percurso em formato de "U" (como uma pista half-pipe de skate). O mais legal é que dependendo da pessoa que você vai na boia, a experiência pode ser diferente a cada vez.

Crazy Drop, Wet'n Wild São Paulo
Crazy Drop, Wet'n Wild São Paulo
Crazy Drop, Wet'n Wild São Paulo

Atrás do Crazy Drop fica o lago do Wet'n Wild, onde é possível fazer passeios de caiaque e pedalinho (pagos à parte). As crianças menores tem um espaço exclusivo na Kids Lagoon, uma pequena área com playground aquático cheio de mini toboáguas e estruturas de interação com a água.

Kids Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Pedalinho, Wet'n Wild São Paulo
Pedalinho, Wet'n Wild São Paulo

Terminamos o dia boiando no Lazy River (que parece mais rio rápido, dado a velocidade de sua água) e aproveitando as ondinhas da Wave Lagoon. Uma característica do Wet'n Wild que eu não curto muito é a água gelada, que é presente em todas as atrações. Me causa arrepios na espinha! Eu sou muito mal acostumado com a água quentinha do Thermas dos Laranjais e do Hot Park!

Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Wave Lagoon, Wet'n Wild São Paulo
Minha tropa!

O Wet'n Wild parece um grande clube! O parque não tem o visual paradisíaco de praia que é característico dos outros parques brasileiros, o que torna a experiência única. Era difícil ver filas grandes pelo parque, e o atendimento era relativamente rápido. Para o consumo dentro do parque, é necessário estar munido de cartão de crédito ou da pulseira de consumo. A loja de souvenir é um show à parte com ótimos produtos e o esquema de fotos nos toboáguas também.

Wet'n Wild São Paulo
Loja do Wet'n Wild São Paulo
Wet'n Wild São Paulo

O dia dentro do parque foi sensacional e não vejo a hora de voltar! Torço para que mais toboáguas de grande porte venham para o Wet 'n Wild, para o parque continuar sua trajetória de crescimento e ser um programa de fim de semana constante. Como a região tem muito sol durante boa parte do ano, o Wet é uma ótima pedida para ter muita adrenalina e ainda pode conjugar com o Hopi Hari para ter um fim de semana incrível de diversão!


---

Perguntas frequentes:


Onde fica o Wet 'n Wild?

O Wet'n Wild fica na cidade de Itupeva, no km 72 da Rodovia dos Bandeirantes, entre Campinas e a capital São Paulo.


Como chegar o Wet 'n Wild?

O aeroporto mais próximo é o de Viracopos/Campinas (VCP) ou Congonhas/São Paulo (CGH). Para chegar até o parque, é recomendável alugar um carro, ir de Uber ou pegar o ônibus do Consulado do Turismo que sai de alguns pontos da cidade de São Paulo.


Quais são as melhores atrações do Wet 'n Wild?

Vortex, Crazy Drop e Bubba Tub.


Quais são os melhores meses para visitar o Wet 'n Wild?

Novembro a Março.


Qual é a melhor ordem para fazer as atrações e brinquedos do Wet 'n Wild?

Surge / Bubba Tub / Space Bowl / R4lly / Kamikaze / Meteor / Cyclone / Twister / Water Bomb / Vortex / Crazy Drop


Qual é a melhor dica para o Wet 'n Wild?

Esteja preparado para enfrentar seus medos! A maior parte das atrações do Wet'n Wild é radical! Não deixe também de ir com um grupo de número par de pessoas, assim não terão problemas na divisão nos toboáguas de boia! Como o parque não tem muitas sombras, abuse e use do protetor solar!


Que tipos de comida estão disponíveis no Wet 'n Wild?

Comida típica de parque de diversões, como fast-food e doces.


Quanto custa o Wet 'n Wild?

O ingresso para o fim de semana e dias de interesse (como feriados) custa R$ 149,90 e o ingresso para dias da semana custa R$ 129,90. O parque oferece a "Garantia contra Chuva" - adicionando mais R$ 10,00, você garante sua diversão em outro dia, isto é, caso chova durante a sua visita, entre as 11h00 e 16h00 (mesmo que seja por 1 minuto), você garante um outro ingresso para retornar ao parque aquático em outra data.


Qual é a duração das filas no Wet 'n Wild?

Tranquilas (-30min) a moderadas (-60min).


Qual é o site do Wet 'n Wild?

1.197 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page