top of page

VEJA TODOS OS MEUS
DIÁRIOS DE VIAGEM

Registrei cada passo das minhas viagens em um grande relato - cada viagem tem um nome especial!

Universal Studios Hollywood

Ah Hollywood... Terra dos ricos e famosos, onde tudo gira ao redor das câmeras e holofotes. Muitos estúdios de cinema e gravadoras estão presentes no local, fazendo Los Angeles a capital mundial do entretenimento. Porém estou interessado em outra Calçada da Fama, em que cada estrela é uma atração do Universal Studios Hollywood, parque temático do estúdio homônimo.

O parque foi o primeiro da rede Universal inaugurado, e guarda elementos clássicos da época clássica do cinema, como o globo prateado, a placa em neon e o tapete vermelho para os visitantes entrarem no local. Além disso, possui o Universal CityWalk, um centro de compras e restaurantes.

A Universal possui o Front of the Line como serviço de fura-fila. Infelizmente, o preço do serviço é completamente inflado, com a possibilidade de ser aumentado caso o local esteja muito cheio. Custando US$ 90, não o considero algo que tenha um bom custo/benefício mesmo em dias de parque lotado. Outro benefício é o Single Rider, que é uma fila separada, sendo seu tempo consideravelmente menor, aos visitantes que se dirigem a Universal Hollywood sozinhos. Caso um grupo queira usufruir do serviço, precisa ter em plena consciência que serão separados no momento do embarque da atração.

O choque inicial do Universal Studios Hollywood não é devido à sua bela arquitetura de uma Los Angeles no inicio do século XX (como no Disney California Adventure), e sim ao olhar o mapa. O parque possui apenas sete brinquedos e três shows. Isso leva a visita à um possível pesadelo, visto que todas as filas possuem um tempo mínimo de 60 minutos.

Entretanto, consegui conduzir a minha visita em tempo de aproveitar todas as atrações, porém ressalto que foi uma das visitas mais cansativas que já fiz a um parque. É importante chegar no horário de abertura para ir direto ao Studio Tour, a atração destaque da Universal Hollywood.

Ao contrário do parque de Orlando, a Universal da Califórnia ainda é um amplo estúdio de filmagens em funcionamento, exaltando a magia do cinema e imergindo o visitante nesse contexto. O Studio Tour visita os reais estúdios Universal, onde foram e são gravados séries e filmes.

Logo no início, estão os estúdios do The Voice e dos filmes Minions e Ted. Aparece também casas usadas nas filmagens da série Hannibal, com elementos decorativos. O tour de uma hora avança até a Nova York cenográfica, onde foram gravadas cenas de filmes como Todo Poderoso. Entre Nova York e a Londres cenográfica está a praça de Hill Valley, do filme De Volta pro Futuro. Os cenários originais do filme estão debaixo da "roupagem" de Prefeitura, que surgiu para evitar que o cenário fosse reutilizado em próximos filmes e o público lembrasse de Hill Valley.

Outros cenários para a simulação de cidades são visitados, como os do antigo Texas e Novo México (usualmente para filmes de Velho Oeste). Muitos longa-metragens famosos foram gravados nos sets da Universal Hollywood, o que levou o Universal Hollywood à fazer pequenas homenagens. Prepare-se para enfrentar os dilofossauros de Jurassic Park, o tubarão Bruce de JAWS e o terremoto de Earthquake (igual ao Disaster do Universal Studios Florida)! Fique de olho também nos carros mais famosos das telas de Hollywood.

O Cozy Cone Motel e a Tower of Terror do Disney California Adventure não são os únicos icônicos hotéis presentes na Costa Oeste... Norman Bates aguarda seu check-in no cenário original do Bates Motel (Psicose). Além do hotel, está presente a mansão dos Bates. Steve Spielberg não poupou esforços para filmar Guerra dos Mundos, e comprou um velho avião gigantesco para destruí-lo e fazer de cenário ao seu filme.

A cidade onde o Grinch roubou o Natal chama bastante atenção, assim como a localização do lago utilizado em diversos filmes como Jurassic Park III e Náufrago. Quando acontece alguma gravação, a Universal enche o lago e a magia fica por conta dos computadores que editam a parede azul. Falando em água, o trem do Studio Tour passa por um teste dos efeitos especiais de tempestade, enchente e vento. Empolgante! Além disso, dei a sorte de que durante meu passeio, estar ocorrendo a gravação do programa Home and Family, do Hallmark Channel. Nessa hora, é preciso todos fazerem o mais absoluto silêncio.

Os principais destaques do Studio Tour são as atrações King Kong: 360 3-D e Fast & Furious: Supercharged, que utilizam o mesmo sensacional sistema de simulação, inédito em todos os Estados Unidos. Em uma espécie de túnel com telas em 360 graus, o trem é movimentado bruscamente por cenários de King Kong e Velozes e Furiosos, contendo ainda efeitos de água e vento. As projeções e hologramas são de cair o queixo.

O motivo de ir direto ao Studio Tour é simples: sua fila na abertura do Universal Hollywood é mínima, ficando por volta de 60 à 80 minutos no resto do dia. Além disso, a atração possui 1 hora de duração, tomando bastante parte do tempo. Feito o tour, a direção agora é pro Lower Lot, onde ficam os três melhores brinquedos do parque.

Para chegar no Lower Lot, é necessário pegar uma série de escadas rolantes. No meio do caminho, existe um mirante com uma incrível vista para os estúdios Disney, Warner e NBC Universal. São três baias de escada rolante, que não comportam o fluxo de pessoas do Universal Hollywood, sendo uma experiência mais ainda desgastante em um calor seco como o da Califórnia.

A Revenge of the Mummy: The Ride é uma montanha-russa no escuro com lançamentos, partes do percurso feito de costas e efeitos especiais. É uma experiência mais curta que a mesma homônima do Universal Studios Florida, entretanto sendo consideravelmente mais suave.

O Transformers: The Ride 3D é um simulador de alta definição que imersa o visitante na batalha entre os Autobots e Decepticons, utilizando tecnologia similar ao The Amazing Adventures of Spiderman, na Universal Orlando. A fila da atração é um show à parte, com diversos elementos interativos para a distração dos visitantes. Os movimentos durante o brinquedo aliado à sua estória são bruscos e inesperados, divertindo toda a família. Com uma combinação muito boa de elementos temáticos, ilusão de ótica e adrenalina, Transformers ganha, sem dúvidas, o posto de melhor atração do Universal Hollywood.

Graças ao sucesso do filme Jurassic World e ao calor castigante da Califórnia, a maior fila do Universal Hollywood era do Jurassic Park: The Ride, um bote que leva às dependências do local criado por John Hammond. É possível ver muitas espécies de dinossauro, porém seus bonecos animatrônicos estão claramente obsoletos. A queda, no entanto, é icônica, e a que mais enxarca em todos os brinquedos aquáticos da Califórnia. Vale lembrar que ao seu lado encontra-se um pequeno playground infantil.

Antes de sair do Lower Lot, tire uma foto com os Transformers, sejam eles Optimus Prime e Bumblebee ou Megatron. A tecnologia usada nos robôs é realmente incrível, à medida que eles interagem com os visitantes de modo "personalizado". Do outro lado da rua, um gigante velociraptor tenta ser adestrado por um cuidador do Jurassic Park. Nada além do normal.

Subindo de novo as escadas, é hora de explorar Springfield. A cidade dos Simpsons foi inaugurada esse ano no Universal Studios Hollywood e oferece uma experiência muito mais completa que sua compatriota em Orlando. É possível ver mais cenários do desenho animado, como a Central Nuclear, a cadeia e o letreiro da cidade. Muitos personagens dos Simpsons, como a família Simpson, Krusty e Ajudante Bob, ficam o dia inteiro tirando fotos.

Springfield concentra as maiores opções de alimentação do Universal Hollywood, sendo todas fastfood. Estão disponíveis donuts no Lard Lad Donuts, hambúrgueres imensos no Krusty Burguer, bebidas premiadas no Moe's Tavern, frango frito no Cletu's Chicken Shack, tacos no Bumblee Man's Taco Truck, cachorros quentes no Suds McDuff's, cerveja Duff no Beer Garden, pizza no Luigi's Pizza e sorvete no Phineas Q. Butterfat's.

A atração do local é o premiado The Simpsons Ride, um simulador em que os visitantes visitam o caótico parque de diversões Krustyland, comandado pelo palhaço Krusty. Durante o passeio, divertidos movimentos dos passeios em uma montanha-russa quebrada, por exemplo, animam. Um dos destaques é o "cheiro de talco de bebê" ao entrar na boca da bebê Maggie.

Caso deseje conhecer como os efeitos especiais dos filmes são feitos, indico o Special Effects Stage. Dentro dele, é possível aprender os truques de computação gráfica e de tecnologia da terceira dimensão. Além disso, o show ainda inclui o "por trás das cenas" de Meu Malvado Favorito 2. Já se gosta da atuação de animais domésticos nos filmes, descubra seus truques no show Animal Actors, localizado ao lado do Special Effects.

No caminho de volta à entrada do parque, passe na Universal Plaza, praça central do Universal Hollywood que contém exposições. Em minha visita, estava em exposição os carros de alguns dos filmes da franquia Velozes e Furiosos. Do lado de fora da praça, a Universal exibe em telões suas bilheterias mais rentáveis no Universal Box Office.

O destino é o Waterworld, um show baseado no filme Segredo das Águas. A produção é a melhor produzida por um parque Universal nos Estados Unidos, com muitos efeitos pirotécnicos e aquáticos. Aliás, o anfiteatro possui uma "Soak Zone", lugares da arquibancada onde os visitantes com certeza ficam ensopados. A apresentação é feita com atores famosos de Hollywood, e só é cem por cento entendida caso os espectadores tenham visto o filme.

Saindo do Waterworld, aproveite para comprar algum souvenir na Universal Trading Company. Existem muitas opções legais do mundo do cinema, como claquetes, canecas, cadeiras de diretor com nome personalizado e rolos de filme.

O fenômeno mundial dos Minions não podia deixar de estar presente na Universal Studios Hollywood. A experiência começa logo na entrada da atração Despicable Me: Minion Mayhem, que reproduz a vizinhança de Gru. Ao entrar em sua casa, o objetivo do maior vilão de todos os tempos é claro: transformar os visitantes em Minions! A história dentro do simulador é muito divertida e engraçada, sendo seus movimentos bem tranquilos, não oferecendo muita emoção.

Não perca a oportunidade de tirar foto com os Minions logo na saída da atração e conhecer o Parque da Super Diversão, reproduzido especialmente para a Universal de Hollywood. Lembra da cena onde Agnes consegue o Unicórnio Mais Fofinho do Mundo? Todos os visitantes agora podem também consegui-lo (por alguns dólares). Dentro do Parque, está um playground aquático e um brinquedo giratório, para crianças.

Gaste um pouco do tempo passeando pela cidade cenográfica da França e da Itália, com alguns bons restaurantes. Depois, dirija-se ao Shrek 4-D, um cinema cuja história passa entre o primeiro e o segundo filme do ogro mais famoso do cinema. Os efeitos de água e fumaça podem ser divertidos, mas não serão grande coisa perto dos das outras atrações.

Para comemorar os 50 anos de parque, a Universal está oferecendo uma versão noturna do Studio Tour. Apesar de ser igual à versão diurna, o passeio se torna muito mais assustador por conta da escuridão. Acredito que essa versão não deverá continuar por muito tempo, infelizmente.

Embora as filas de todas as atrações serem imensas, o horário de funcionamento do Universal Hollywood (9:00 às 22:00) permite com folga curtir todas elas, justamente por estarem em um número pequeno. O calor da Califórnia aliado à escadas imensas lotadas, longas filas, muitas vezes ao ar livre, diminuem o fator diversão do parque. A Universal, por sua vez, tenta ajudar para uma melhor organização do dia através de um website que mostra os tempos de fila de cada brinquedo e os horários de shows mais fotos com personagens.

O Universal Studios Hollywood possui um ambiente de dar inveja à seu irmão da Flórida. Por ainda ser um estúdio de cinema ativo, a impressão que se tem é de estar respirando a magia da sétima arte o tempo todo. Fora isso, os cuidados na tematização de cada atração são muitíssimos imersivos. Entretanto, a pouca quantidade de atrações e seu alto preço o fazem ser o pior custo/benefício (ingresso à US$ 90) de toda Califórnia. Mas, quem sabe, isso não muda com a adição do The Wizarding World of Harry Potter em 2016.


---

Resumão do Universal Studios Hollywood:

Alimentação: Fast-food e cozinha americana. Meu lugar favorito para comer é Krusty Burger, pelas excelente opções de lanches, além de ter um serviço muito rápido. Vale a pena também conferir o Mel's Drive-In, o Three Broomsticks e o Hollywood & Dine, todos de cozinha americana.

Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de Los Angeles (LAX). Para chegar ao parque, é recomendável ir de carro ou Uber. Existe a possibilidade de ir de transporte público, mas o perrengue é muito grande. Você consegue ver via Google Maps as direções.

Dica campeã: Chegue cedo para conseguir os primeiros horários do Studio Tour! Depois das 12h, a atração fica lotada durante o dia todo!

Filas: moderadas (+60min) a pesadas (+120min).

Melhores atrações: Jurassic World: The Ride, Harry Potter and the Forbidden Journey e Transformers: The Ride.

Melhores meses para visitar: Maio, Junho e Outubro.

Melhor ordem de brinquedos dentro do parque: Studio Tour / Transformers: The Ride / Jurassic World: The Ride / Revenge of the Mummy / The Simpsons Ride / ALMOÇO / Waterworld / The Walking Dead Attraction / Despicable Me: Minion Mayhem / Dreamworks Theatre / Harry Potter and the Forbidden Journey / Flight of the Hippogriff

Preço: US$ 109,00

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Valleyfair

Comments


StormRunner.jpg

SE SENTIU INSPIRADO? VAMOS VIAJAR!

Conheça nossa agência de viagens!

Na Scream!, você encontra a forma que mais se adequa para você viajar: seja de excursão ou comprando um pacote! Te falei que dá para montar seu próprio pacote e comprar ingressos para os melhores parques espalhados pelo mundo? Ah, tem mais! Dá para você ter seu próprio roteiro personalizado!

bottom of page